Sobre o Santo Matrimônio

                A Igreja Anglicana celebra o matrimônio de acordo com as leis do país e desde que um dos nubentes seja batizado. O santo matrimônio pode ser celebrado na igreja como também em outro lugar devidamente preparado para ato tão sublime de amor, como chácaras, buffets, fazendas, clubes etc. Não há exigência para a realização do matrimônio apenas dentro do templo. Lembramos que o primeiro milagre do Senhor Jesus foi realizado numa casa, numa festa de casamento e não no Templo de Jerusalém (Conf. João 2.1-12). A santidade está onde Deus se faz presente (conf. Êxodo 3.5) . Os casais em segunda união podem casar-se novamente, cumpridas as determinações canônicas da Igreja e estejam divorciados de acordo com a lei civil.

 

CASAMENTO RELIGIOSO COM EFEITO CIVIL

               Nos termos da lei federal nº 6015/73 é possível realizar casamentos religiosos com efeito civil, ou seja, o ministro que estiver oficiando o casamento religioso fará também o civil. Para isso, dirija-se ao cartório com 30 dias de antecedência e manifeste a vontade de realizar a união civil e religiosa ao mesmo tempo. Vocês receberão uma licença que deve ser entregue ao celebrante religioso e, após o casamento, precisam retornar com o documento ao cartório.

 

O SANTO MATRIMÔNIO PARA TODOS

            Não cremos que um casal que vive santamente a fidelidade e o amor numa segunda união estabelecida segundo a lei esteja impossibilitado de participar da Santa Comunhão.

Lembramos que na Santa Ceia em Jerusalém o Senhor Jesus deu o seu Corpo e o seu Sangue a Judas Iscariotes (traidor), a Pedro (covarde que negou o Mestre) e a Tomé (incrédulo) e todos os outros que o abandonaram na Cruz, com exceção de João evangelista. Jesus não  ordenou que eles saíssem da mesa da comunhão.

Na Santa Eucaristia o Senhor Jesus torna o ser humano uma nova criatura:

“E, assim, se alguém está em Cristo, é uma nova criatura; e as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” (2º Coríntios 5.17).

E nós estamos em Cristo quando estamos em comunhão com Ele.

Um casal de segunda união está apenas buscando a felicidade e Deus deseja a felicidade para os seus filhos.

A Igreja Anglicana, embora respeite a opção sexual das pessoas e ame a todos(as) como uma Mãe amorosa, não exclui absolutamente nenhum filho(a) de Deus das suas Santas Eucaristias e celebrações, NÃO CELEBRA o santo matrimônio entre pessoas do mesmo sexo, de acordo com documentos aprovados pelo Arcebispo de Cantuária (Canterbury) e a Igreja Mãe da Inglaterra.

DOCUMENTAÇÃO

a) Preencher e assinar ficha de registro fornecido pela igreja;

b) Apresentar carteira de identidade ou equivalente;

c) Certidão de batismo;

d) Certidão de habilitação para casamento (ou certidão de casamento civil) ou contrato de união estável;

e) De acordo com a lei civil, podem se casar pessoas divorciadas.

 

INFORMAÇÕES:

(11) 2709-1850 / (11) 9-9935-2538 

E-mail: